Sportingbet apostas: Guia para começar a fazer palpites | Goal.com Brasil

Fonte: Padrão

PRINCIPAL A Cidade HISTÓRIA ASPECTOS GERAIS Prefeitura GABINETE DO PREFEITO LEGISLAÇÃO Licitações 2024 Secretarias Orgãos Serviços CONSULTAR CPF CONSULTAR SITUAÇÃO DO VEÍCULO SOLICITAÇÃO DE ATESTADO DE ANTECEDENTES COMPROVANTE DE CADASTRO CNPJ SEGUNDA VIA CEMIG WEBMAIL Sebrae Minas dá dicas para empresas minimizarem os efeitos da crise ocasionada pelo Coronavírus24 de março de 2020Decreto Nº 975, DE 14 DE ABRIL DE 2020.14 de abril de 2020 Published by admin on 8 de abril de 2020 Categories Destaques Tags A Caixa Econômica Federal disponibilizou nesta terça-feira (7) o site e o aplicativo por meio do qual informais, autônomos, desempregados e MEIs já podem solicitar o auxílio emergencial de R$ 600. O aplicativo deve ser usado pelos trabalhadores que forem Microempreendedores Individuais (MEIs), trabalhadores informais sem registro e contribuintes individuais do INSS. Aqueles que já recebem o Bolsa Família, ou que estão inscritos no Cadastro Único, não precisam se inscrever pelo aplicativo. O pagamento será feito automaticamente. O benefício será pago a trabalhadores informais, autônomos e MEIs.  Quanto tempo deverá durar o auxílio? O governo definiu que o benefício dura três meses ou até o fim da emergência do coronavírus no país. A validade do auxílio poderá ser prorrogada de acordo com a necessidade. Quem tem direito? O benefício será pago a trabalhadores informais, desempregados, contribuintes individuais do INSS e MEIs. Será preciso se enquadrar em UMA das condições abaixo: ser titular de pessoa jurídica (Micro Empreendedor Individual, ou MEI); estar inscrito Cadastro Único (CadÚnico) para Programas Sociais do Governo Federal até o último dia dia 20 de março; cumprir o requisito de renda média (renda mensal de até meio salário mínimo por pessoa, e de até 3 salários mínimos por família) até 20 de março de 2020; ser contribuinte individual ou facultativo do Regime Geral de Previdência Social. Além disso, os beneficiários deverão cumprir TODOS os requisitos abaixo: ter mais de 18 anos de idade e CPF ativo; ter renda mensal de até meio salário mínimo por pessoa (R$ 522,50); ter renda mensal até 3 salários mínimos (R$ 3.135) por família; não ter recebido rendimentos tributáveis acima de R$ 28.559,70 em 2018. A mulher que for mãe e chefe de família, e estiver dentro dos demais critérios, poderá receber R$ 1,2 mil (duas cotas) por mês. Na renda familiar, serão considerados todos os rendimentos obtidos por todos os membros que moram na mesma residência, exceto o dinheiro do Bolsa Família. Se, durante este período de três meses, o beneficiário do auxílio emergencial for contratado no regime CLT ou se a renda familiar ultrapassar o limite durante o período de pagamento, ele não deixará de receber o auxílio.   Como será o pagamento? O pagamento será feito por etapas. O pagamento do auxílio de três parcelas de R$ 600 a trabalhadores informais deve começar na quinta-feira (9). Os primeiros a receber deverão ser pessoas que estão no Cadastro Único do governo federal mas não recebem Bolsa Família, e que têm conta no Banco do Brasil ou poupança na Caixa. (Veja o calendário aqui ou ao final desta reportagem). Não consegui baixar o aplicativo. Posso fazer o cadastro de outro modo? Sim. É possível fazer registro em agências da Caixa ou lotéricas. O governo esclarece, no entanto, que cadastro presencial será uma exceção, apenas em último caso. Não tenho conta em banco. Como vou receber? Será realizada a abertura de uma conta digital. A conta digital a ser aberta será do tipo poupança. Essa conta, gratuita, poderá ser movimentada por meio do aplicativo Caixa TEM. Recebo Bolsa Família. O que eu preciso fazer para receber o auxílio emergencial? Quem já recebe o Bolsa Família não precisa se cadastrar para receber o benefício. Os trabalhadores que se enquadrarem nas regras receberão o auxílio individual pelo mesmo meio em que recebem o Bolsa Família. Recebo Bolsa Família. Posso receber os dois benefícios? Não. Porém, caso o auxílio emergencial seja mais vantajoso que o valor recebido no programa Bolsa Família, o pagamento do programa social será substituído pelo auxílio. Por exemplo: se uma pessoa recebe R$ 350 do Bolsa Família, ela passará a receber o auxílio de R$ 600 em substituição. Não é necessário pedir a alteração do benefício, isso será feito automaticamente. Abaixo estão disponíveis os links para o site e para baixar os aplicativos para realizar solicitação do auxílio emergencial. Clique aqui para fazer a inscrição pelo site: https://auxilio.caixa.gov.br/#/inicio Clique aqui para baixar o aplicativo para celulares Android: https://play.google.com/store/apps/details?id=br.gov.caixa.auxilio Clique aqui para baixar o aplicativo para iOS (celulares Apple): https://apps.apple.com/br/app/caixa-aux%C3%ADlio-emergencial/id1506494331   Share0 admin Related posts3 de abril de 2024PROCESSO SELETIVO 01/2024 MOTORISTA CATEGORIA CNH DRead more5 de março de 2024De olho na validade!!!Read more5 de março de 2024Combate a dengue em Bonfinópolis de MinasRead more Os comentários estão encerrados. © 2024 Bonfinopolis de Minas/MG. All Rights Reserved. Patrik Silva PRINCIPAL A Cidade Prefeitura Licitações 2024 Secretarias Orgãos Serviços WEBMAIL

notícias quentes

Palpite Al Ahli x Al Taee x Saudi Pro League 29/08/2023 Palpite Leicester x Ipswich Town x Championship 22/01/2024 Jet Casino 🎖️ 50 Rodadas Sem Depósito
Copyright ©Sportingbet apostas: Guia para começar a fazer palpites | Goal.com Brasil The Paper All rights reserved.